Conheça os efeitos positivos da criação do Colégio de Estudos Avançados na UFC

3 de maio de 2016

“O Colégio de Estudos Avançados (CEA) chega em um momento em que a UFC evolui na pesquisa, ensino e extensão”, afirma o Prof. Antônio Gomes, Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação e relator do projeto do CEA. Ele destaca dois fatores que poderão ser impulsionados pelo Colégio: a internacionalização e a interdisciplinaridade.

UFC passa a contar com Colégio de Estudos Avançados

Consuni cria Escola de Desenvolvimento e Inovação Acadêmica e Colégio de Estudos Avançados

No caso da internacionalização, a criação do CEA abre possibilidade de integração com outras instituições do mesmo modelo. “O Colégio de Estudos Avançados da UFC será o espaço ideal para acolher programas de cooperação acadêmica com instituições internacionais de excelência acadêmica, explorando programas de mobilidade acadêmica, efetivando programas estruturantes, articulados em redes internacionais de pesquisa”, explica o Pró-Reitor.

Além disso, diz Gomes, os desafios impostos à Universidade exigem cada vez mais a integração de diferentes áreas do saber. “Incentivar a prática do diálogo entre diferentes conhecimentos é o caminho a ser percorrido, e, no cenário da UFC, o Colégio de Estudos Avançados será um catalisador desses novos caminhos”.

A aprovação foi comemorada pelos participantes do Conselho Universitário da UFC porque abre perspectivas para o ensino, pesquisa e extensão que não são comportadas pela lógica de divisão em departamentos, em vigor nas universidades. “Este é um momento do mais alto significado para a UFC”, disse o Reitor, Prof. Henry Campos.

“Estamos criando estruturas não para corresponderem às demandas imediatas, mas para alimentar sonhos e pensar o futuro”, avaliou o Vice-Reitor, Prof. Custódio Almeida, que lembrou que, em sua origem, as universidades foram criadas dentro de uma lógica não utilitarista.

Fonte: Prof. Antônio Gomes, Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação – fone: 85 3366 9943